Gestão financeira

Como fazer a gestão financeira de uma empresa

Nunca se falou tanto sobre empreendedorismo como nos últimos anos. Com o advento da internet e as possibilidades que este universo abriu, cada vez mais pessoas correm em busca do sonho de ter o próprio negócio.

Essa nova maneira de fazer negócios ajudou quem está começando, mas só isso não basta. É essencial realizar uma boa gestão financeira para garantir o futuro da empresa.

A importância da gestão financeira

Independente do seu negócio ser online ou físico, ainda é preciso saber fazer a gestão financeira da sua empresa, principalmente quando os lucros começam a entrar.

Este é o momento decisivo onde o empresário precisa agir com sabedoria para levar seu negócio para frente.

Isso porque o maior erro cometido nessa fase é usar todo os rendimentos para si ao invés de investir na companhia.

É realmente animador ver seu negócio lucrar, porém, se você quer ter sucesso nessa empreitada, os ganhos próprios devem ser medidos com cautela.

O maior foco aqui é pensar nas melhorias que você pode fazer no seu negócio, para que ele tenha ainda mais entrada de capital e siga firme nos próximos meses e anos.

Aliás, é essa tomada de decisão que fará sua companhia não fechar as portas na primeira crise que enfrentar. E em tempos de crise, esse risco fica ainda maior.

Dicas para fazer uma gestão financeira eficaz

1. Defina uma pró-labore

E já que comentamos sobre isso, vamos colocar esse assunto como primeiro tópico. Um dos erros mais comuns para quem está começando é não separar as finanças pessoais do negócio.

O empreendedor deve definir um salário para si, mas isso deve ser feito de maneira realista. De acordo com seus lucros, retire seu pró-labore e nem um centavo a mais.

Mesmo que pareça algo inocente e que não trará consequências nos meses seguintes, tirar ganhos maiores do que deveria facilita o descontrole das suas contas, do capital de giro e do caixa.

Isso fará com que você não tenha orçamento para cobrir seus compromissos operacionais e obrigatórios, como por exemplo, pagamento de fornecedores, funcionários, impostos e até reposição do estoque.

Pensando nessa separação de gastos pessoais e empresarias, você consegue ter uma escrituração contábil correta, evitando atrasos e multas.

2. Controle de estoque

Controlar o seu estoque também é muito importante para fazer uma gestão financeira eficiente. Tal atitude evita que você tenha perdas desnecessárias.

Ao fazer essa checagem com certa frequência você será capaz de saber se detém algo armazenado em excesso. Se esse for o caso, criar, a partir daí, uma forma de se livrar dessas sobras.

E não leve em consideração apenas o produto ou serviço que vende, inclua igualmente nessa contagem os bens que influenciam nas suas finanças atuais e a curto prazo.

Sendo assim, registre tudo o que tem guardado, de forma detalhada. Em seguida, atualize o histórico com as entradas e saídas de itens.

3. Planeje-se

Hoje você consegue dizer se sua empresa vai conseguir chegar até o fim do ano sem nenhum problema, independente de qualquer imprevisto? Não? Bom, você saberia se fizesse o planejamento financeiro.

Essa etapa nada mais é que planejar, logo no começo do ano, qual será o seu faturamento, despesas, além de lançar os custos já conhecidos neste período.

Por exemplo, nessa época você sempre renova contrato com fornecedor ou compra algo novo para aprimorar mais seu negócio.

Esse processo auxilia o empresário a saber se o saldo que possui em caixa é o bastante para lidar com qualquer imprevisto ao longo do ano.

E se faltar dinheiro, você tem uma brecha a sua disposição para agir a tempo de contornar a situação. Esse ponto é essencial para que você não perca seu negócio.

Então nada de ficar fazendo as finanças mês a mês, isso não te dá o suporte que você precisa para manter sua companhia a salvo.

Abrir um negócio nunca foi tarefa fácil. Agora então, com a economia abalada do jeito que está, nem se fala.

Mas seguindo essas recomendações acreditamos que já é um grande passo para sua empresa sobreviver a essa turbilhão de acontecimentos e passar por essa tempestade, ilesa, na medida do possível.

Deixe um comentário